Alimentação

Sabem, tenho pensado muito sobre minha alimentação, desde coisas simples, como deixar de comer carne, até questões mais filosóficas como o apego à comida.

Sim, porque mesmo sabendo que temos necessidades fisiológicas, e que precisamos comer, hoje em dia a maioria come por prazer, impulso e sem necessidade. Acredito que estou nesse grupo, mesmo que me preocupe com o que como, ainda me sinto angustiada quando não posso comprar uma chocolate, quando dá  “aquela” vontade de comer uma besteirinha.

Acredito que isso seja um apego, algo que temos que superar se quisermos evoluir espiritualmente.

E estou nesta busca. Aqui vai uma matéria muito bonita que resume bem o que eu penso sobre isso.

Você não precisa concordar comigo, e nem vou me alongar mais neste assunto, não hoje.

Hoje só quero mostrar alguns motivos, que me deixam muito feliz em seguir o vegetarianismo. Não pela moda, muito menos por ser bonitinho.

Mas primeiro, hoje o capitalismo é tão absurdo, que torturamos animais para podermos comer um bife mais macio. Enjaulamos criaturas, nossas irmãs, enjetamos comidas para engordá-la, e depois, quando já está tudo “limpo” e na bandeja do supermercado, compramos e comemos, sem o menor constrangimento.

E eu penso nisso.

Segundo, pois tenho aprendido muitas coisas e uma delas é a conhecer meu corpo. Senti-lo. Respeitá-lo. E carne, principalmente a vermelha, me faz muito, mas muito mal mesmo. Passo mal, fico pesada e triste.

Eu busco um crescimento espiritual, mesmo que não faça parte de nenhuma igreja, e acredito que se tenho a intenção de enteder e me conscientizar do mundo, tenho que começar com meu corpo e minha mente.

Aqui vai um videozinho, dramático e com cenas “efeito”, mas eu apoio, tem que ser assim mesmo. O que aconteçe de verdade, não é bonito e não tem frufru algum.

Encontrado aqui.

Este segundo é longo, mas muito bonito, muito mesmo. Fala sobre um documentário. Vale a pena, cenas bem feitas e que fazem pensar:

Este último é um “apanhado” de comerciais americanos, falando sobre porque ser vegetariano. Algumas partes são engraçadas, outras dolorosas. Só não entendo como o ser humano consegue ser tão cruel. Eu me sinto mal só por gritar com meu cachorro….

Vejam bem, é meu ponto de vista, não quero “converter” ninguém, ok? Falo por saber a polêmica do assunto, quando digo a alguém que não como carne(e a pessoa come) isso soa como algo muito bizarro.

Abraços!!!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s